Namoro online

10 dicas para um namoro online seguro

casal de namorados

“E se for afinal um assassino em série?”, perguntou minha tia Nubia quando eu disse que estava à caminho do Aeroporto Internacional O’Hare para pegar um estranho chamado Dan que eu havia conhecido recentemente através da internet. “Como você me pede que eu discerna isso em um pretendente?”, perguntei “Se esconde detrás de uma escada rolante perto da esteira de bagagens” sugeriu ela. “Observa-o um momento. Isso vai te ajudar a saber.”

Encontrei-me com o perfil do Dan em um site de cristãos solteiros um mês antes. Não esperava que surgisse algo  especial   dessa coincidência, mas eu estava disposta a tentar. Uma parte de mim, considerava que os encontros online era um ato de desesperação e me sentia envergonhada de admitir isso,  especialmente no meio cristão. Alguns solteiros ainda sentem este estigma e acreditam que as probabilidades então contra eles devido à idade, a altura, o peso, os antecedentes, a localização geográfica ou outros critérios. Afortunadamente, nosso grande Deus desafia todas a probabilidades. Minha própria história dá testemunho do que estou dizendo.

Eu tinha 18 anos quando, durante uma viagem missionária  em Senegal, consagrei a minha vida à missão evangélica em África. Fui estudar em um seminário depois que finalizei meus estudos seculares. Passara-se dez anos durante os quais não conheci um só homem com ambições similares. Além disso, aspirava treinar líderes e desejava trabalhar  junto a um homem com esse chamado, pois tinha claro que eu não faria este trabalho pastoral. Isso reduzia o grupo de homens elegíveis a zero, estatisticamente falando. O perfil do Dan mencionava planos de servir a Deus na África. Conforme começamos trocar mensagens descobri, que não só estava a caminho, se não que também iria especificamente para trabalhar na educação teológica no Senegal! Um ano depois, nos unimos em casamento.  Isso passou há mais de 16 anos plenamente gozosos.

Ainda que  os encontros por internet estavam em seu gênesis em 2004, conhecer um companheiro por estes meios se converteram quase uma regra atualmente. O intercambio de mensagens através das redes sociais, um tímido like como sinal de paquera ou o desejo de follow daquela pessoa que me atrai é uma realidade que não podemos evitar. O consumo diário destas aplicações sociais é mais alto do que gostaríamos de admitir. Como a igreja está equipando a seu povo para navegar pelas turbulentas águas dos encontros online? Os cristãos tem desenvolvido estratégias para assegurar de não ser vítimas de depredadores e enganadores? Deveria simplesmente “seguir seu coração” e esperar o melhor? Considera o que Provérbio ensina aos nossos corações: “Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o Senhor em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas” (3:5-6).

Além de te animar a submeter tua relação online ao Senhor, eu gostaria de te oferecer dez conselhos que meu esposo e eu empregamos para evitar cair nas armadilhas mais comuns dos encontros virtuais:

  1. Tenha claro o que você procura antes de procurá-lo
    Estabelecer seus “não negociáveis” bem antes de ir à web e/ou redes sociais  evitará que você comprometa suas convicções simplesmente  porque alguém atrativo se identifica a si mesmo como cristão. Um conselheiro de confiança deu o seguinte conselho: “Faça três listas: o indispensável, o que você quer e o que você gosta”. O indispensável deve-se justificar com Escrituras específicas e incluir assuntos relacionados com a fé e o caráter. Logo, o que você quer deve incluir desejos sobre assuntos importantes como a afinidade teológica, a compatibilidade pessoal, o círculo familiar saudável, etc. Por último, o que você gosta deve refletir aqueles pontos que você aprecia, mas que facilmente poderia renunciar como aparência física, hobbies, gostos musicais, etc.
  2. O meio importa
    Algumas aplicações ou site para encontros focam em um pouco mais que  aparência física. Pior ainda, alguns estão desenhados para facilitar as relações sexuais casuais. Para o crente, o propósito do namoro, online ou de outra maneira deve ser o de encontrar um par adequado com quem construir uma família no contexto de um casamento cristão piedoso. Portanto, eleja uma aplicação ou site que destaque o caráter, o intelecto e os valores, não só o que se vê por fora.
  3. Não seja agressiva
    Um pouco antes de conhecer Dan eu havia passado por uma ruptura dolorosa, assim que  não me emocionei muito no início quando ele manifestou suas intenções de me procurar. Afinal, não baixar a guarda foi algo  bom. Uma anciã sábia me aconselhou uma vez: “Não sejas muito impaciente. Um possível esposo deve se esforçar para ganhar seu afeto”. Isso ficou em minha mente. Ao contrário, seja muito intensa. Você pode demonstrar interesse na rotina diária de alguém, mas não pode exigir conhecer todos  seus movimentos o tempo todo. A pessoa certa quer ser apreciada e não assediada.
  4. Encontre-se cara a cara o mais rápido possível
    Dan voou para me encontrar menos de um mês depois de nossa primeira conversa por telefone. Morávamos a 700 km de distância, então namorar pessoalmente não era barato, mas sabíamos o perigo de manter o relacionamento privado e abstrato  através de e-mails, mensagens de texto e telefonemas. Nossas inibições geralmente são mais baixas ao telefone, falando com uma voz incorpórea tarde da noite. Embora conhecer pessoalmente possa ser assustador, é um passo necessário para que um relacionamento progrida de maneira saudável. Tente não descartar alguém só porque não sai faíscas naquele primeiro encontro. Quantos casais felizes no casamento não descreveriam o nascimento de seu relacionamento como amor à primeira vista?
  5. Seja você mesma
    Sou extremamente extrovertida e meu marido é mais reservado. A princípio, tive medo de que ele me achasse muito tagarela, então limitei minha própria personalidade. O que aconteceu então foi que ele sentiu que eu preferiria alguém que falasse mais, então ele se obrigou a conduzir a conversa. Nenhum de nós estava confortável porque não estávamos nos comportando da maneira que Deus nos criou para ser. Você ganhará pouco se insistir em mudar seus traços para aquela nova pessoa em sua vida, porque no final do dia você ainda será você. Confie que a pessoa certa vai gostar de você por quem você é e não por quem você gostaria de ser. O mais importante é que você seja sincero e se mostre como realmente é e não como gostaria de ser visto. Esta última seria hipocrisia que não agrada a Deus.
  6. Evite o isolamento
    Alguns casais que se conhecem online optam por ter um relacionamento isolado. Nesses casos, uma ou ambas as partes podem criar um personagem, no mínimo para impressionar ou enganar. Minimize o risco disso trazendo o relacionamento à tona para que vocês possam observar muualmene em seu “habitat natural”
  7. Conheça aos “pais”
    Conhecer mãe e pai é o ideal, mas como meus pais moravam a mais de 3.000 km de distância, não foi possível apresentar Dan em nosso primeiro encontro. Em vez disso, pedi-lhe que se encontrasse com um pai espiritual do seminário. Essa pessoa que ocupa o lugar de seus pais deve ser alguém com discernimento, capaz de oferecer conselhos sábios sobre o relacionamento.
  8. Crie um cerco de amigos confiáveis
    Para nosso primeiro fim de semana juntos, planejei um jantar para Dan conhecer meus amigos e para que eles o conheçam também. Pode ser fácil para alguém que você acabou de conhecer enganar você, mas enganar mais de uma pessoa é muito mais complicado. Garanto-lhe que você não precisará de tantas palavras porque a interação natural refletirá muito sobre seu caráter.
  9. Estude seu pretendente
    Isso deve ser feito em qualquer relacionamento, mas principalmente com namoro online. Antes de tudo, faça perguntas difíceis: você luta com a pornografia? Você luta com jogos de azar online? Você abusa de certas substâncias? Se sim, você está recebendo ajuda para combater ativamente o poder do pecado em sua vida? Seu novo amigo pode não ser direto, mas, novamente, ele pode surpreendê-la. Em segundo lugar, esteja atenta: como ele reage a essas perguntas? Fica na defensiva? É evasivo? Suas histórias não se alinham? Existem lacunas em seu passado que não estão claras? Não se apresse em  se atar a um relacionamento  a ponto de ignorar as informações à sua frente.
  10. Ora
    Embora este seja o meu último conselho, é o mais importante. Primeiro, ore a Deus. Ao longo do processo, peça ao Senhor que lhe dê sabedoria (Tiago 1:5) para discernir qualquer coisa que possa parecer oculta e unir seus corações se for a vontade de Deus ou separar se não for.

Seguir essas dicas ao pé da lera não é garantia de encontrar um parceiro. No entanto, se você não os considerar, posso garantir que se esconder atrás da esteira de bagagens do aeroporto para uma observação rápida não fornecerá informações suficientes para determinar se aquele estranho é ou não um assassino em série. Você confia no Senhor ou está confiando em seu próprio coração?


Originalmente publicado em The Gospel Coalition: Canada. Traduzido e adaptado pela Coalition Team com permissão.

232e6916ecd2cf3f0004a58885f7d544?s=96&d=mm&r=g

Angie Velásquez Thornton

Angie Velásquez Thornton, junto com seu marido Daniel, serviram ao Senhor no Senegal por 10 anos em treinamento de liderança. Eles moram em Montreal com suas 2 filhas desde agosto de 2017 e servem na Associação de Igrejas Evangélicas Batistas de Quebec (AEBEQ). Angie possui um MDiv do Moody Theological Seminary e atualmente atua como diretora do ministério feminino da SOLA (Quebec Gospel Coalition).

2 comentários em “Namoro online”

  1. Minha historia foi bem parecida. E cá estamos 14 años casados e servindo ao Senhor no campo juntos. Nos conhecemos pela internet num grupo cristão, trocamos Msn naquela epoca (2007) conversamos 5 meses virtualmente, oramos muito e nos casamos. Deus fez com que nos encontrassemos.

    1. Oh Juanna que maravilha saber que vocês estão felizes no casamento. EU gostei demais das dicas desse artigo também, acho que são dicas que podem ajudar as pessoas a dar passos mais seguros na trilha do namoro online. E sem dúvida, a oração em primeiro lugar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top